McLaughlin: um guitarrista único

john_mclaughlin_astor_theatre_1015_stuart_mckay_9.0a1ee9e8a40016e9afa145f5d85e5b3f

McLaughlin faz única apresentação em Porto Alegre em 30 de março   Foto: Stuart Mckay

Nenhuma lista dos grandes guitarristas de todos os tempos estaria completa se o nome de John McLaughlin não estiver nela. Aliás, jamais vi uma lista sem o nome dele. O britânico, dono de uma técnica refinadíssima e que já tocou ao lado de grandes nomes da música, fará única e imperdível apresentação em Porto Alegre. O show acontece no próximo dia 30 de março, a partir das 21h, no Teatro de Bourbon Country. Os ingressos já podem ser adquiridos antecipadamente na bilheteria do teatro, pelo site www.ingressorapido.com.br e também pelo telefone 4003-1212.

Com uma fusão entre o jazz e o rock, com passagem livre entre os dois gêneros e provocando o diálogo musical praticamente sem limites, McLaughlin, hoje com 74 anos, desembarca na América do Sul (fará shows na Argentina, Uruguai e Chile também), com sua banda multiétnica The 4th Dimension, formada pelo indiano Ranjit Barot (bateria), pelo camaronês Étienne M’Bappé (baixo) e pelo inglês Gary Husband  (teclados). No ano passado, McLaughlin lançou o álbum “Black Light” com o novo grupo e que será a base do shows.

McLaughlin tem uma das carreiras mais importantes dentro do universo da guitarra. Com o grande Miles Davis gravou os discos “In a Silent Way” e o antológico “Bitches Brew”, em 1970 e naquela mesma década formou a Mahavishnu Orchestra, grupo por onde passaram nada mais nada menos que Billy Cobham, Jean-Luc Ponty e Jerry Goodman. Para os não iniciados, o nome de McLaughlin ficou mais conhecido a partir de 1981 quando gravou, ao lado de Paco de Lucía e Al Di Meola, o emblemático “Friday Night in San Francisco”, com os três ao violão exibindo um virtuosismo até hoje lembrado como influência. O trio voltou a gravar junto em 1996, lançando “The Guitar Trio” que, tinha entre as faixas, o clássico “Manhã de Carnaval”, de Luiz Bonfá e Antônio Maria. McLaughlin também tocou ao lado de Dave Holland, Chick Corea, Stanley Clarke e Tony Williams.

Anúncios

Sobre Daniel Soares

Jornalista e músico diletante. Fã de motocicletas e guitarras
Esse post foi publicado em Música e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s